A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS.
Não digo que a vida dá mais do que se pede ou muito mais do que se merece.
A vida é feita de escolhas, a vida nos dá frutos das escolhas que fazemos ao longo do caminho e para aplacar as escolhas equivocadas (somos humanos), contamos com a Misericórdia Divina.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

03 DE NOVEMBRO DE 2020 - UM DIA TRISTE!


 03 DE NOVEMBRO DE 2020, UM DIA TRISTE PARA O MUNDO OCIDENTAL – O COMEÇO DO FIM?


Alessandro dos Passos Alves de Castro Meireles

Goiânia, 11 de janeiro de 2021

 

Não sou especialista em informática, sequer domino as funcionalidades do Word, apesar de ser este programa importante ferramenta de trabalho em minha militância advocatícia, mas mesmo assim, não acredito na integridade das urnas eletrônicas, assim, de antemão afirmo que a ausência de voto impresso é bastante perigosa para o Brasil, sobretudo nas futuras eleições de 2022.

 

Lembremos dos momentos vividos quando assistíamos aos números da apuração pela grande mídia em 2014. O candidato Aécio liderava, de repente uma paralização longa e no retorno a candidata Dilma havia ultrapassado e ao final foi reeleita, a quem defenda o lado bom da (não comprovada) fraude eleitoral, assim, acaso Aécio tivesse sido eleito, o Povo Brasileiro continuaria iludido pela social democracia e a Direita não teria condições de eleger seu representante nas eleições de 2018, ou seja, Jair Bolsonaro não teria sido eleito.

 

O pensamento é interessante, mas não pode passar disso, é pueril.

 

Não há democracia que seja exitosa se baseada em mentiras, em corrupção, em fraudes, é preciso lutar com galhardia pelo voto impresso. Povo Brasileiro, acorde, o tempo está passando, já estamos em 2021.

 

Gostaria que um expert do TSE – Tribunal Superior eleitoral – órgão super desnecessário, apresentasse um argumento demolidor para o seguinte raciocínio: todo computador é manipulável. Nesta senda, as urnas também são.

 

Não quero aqui falar da empresa venezuelana, ela não merece meu tempo.

 

Mesmo que as urnas sejam plenamente confiáveis, qual o mal em termos o voto impresso? Nenhum, servirá como garantia da lisura do processo eleitoral por meio do voto eletrônico.

 

Voltemos ao título.

 

O mesmo sentimento de tristeza que se abateu sobre muitos brasileiros (2014), que queriam a derrota do partido dos empoderados, digo PT, também assolou a América. Donald Trump liderava os números e, de repente depois de uma pausa, o jogo virou em favor de Biden. Trump lutou ao lado de poucos corajosos advogados, mas a Justiça Americana, embainhou a espada, aumentou o tampão e desequilibrou a balança.

 

Hoje resta no Ocidente o Brasil com seu autêntico Presidente da República, homem corajoso e ainda amado pelo Povo, sempre que sai às ruas é ovacionado, já ouvi que “ele gosta de rua”, mas afirmo: as ruas que gostam dele, porque nas ruas está o Povo, leia-se: a classe trabalhadora e menos favorecida.

 

O objetivo da Direita Americana de fazer a América grande de novo, situação que em muito ajudaria ao Brasil, acabou? Não. Acredito que não, mas está suspenso até 2024.

 

Por aqui luto e continuarei lutando por um Brasil grande de verdade e livre da peste perniciosa, que é a esquerda, já que esta hoje pensa apenas e tão-somente em instalar o socialismo pelo mundo com vistas ao comunismo. Diabólica ignorância, pois não existe no mundo uma cidade sequer donde esse modelo teórico tenha dado certo.

 

Donald Trump estava sim fazendo a América grande de novo, mas o sistema perverso não permitiu, porque destruir os Estados Unidos e Israel é objetivo dos comunistas. Trump estava levantando a economia, gerando emprego e renda; restabelecendo a paz no Oriente Médio; não perseguiu as minorias, não aumentou a violência interna; e antes da pandemia sua reeleição era certa. Mas ele caiu.

 

Infelizmente, nós de Direita, Conservadores, perdemos esta batalha. Nada tira de minha mente a ideia de que o ano de 2020 foi escolhido para a disseminação do vírus chinês, infelizmente não tenho provas, mas também não preciso de provas para expressar minha opinião, ao menos até aqui livre. A verdade sempre vem à tona, talvez não estarei vivo para ver e ler sobre tudo que aconteceu no ano que passou, mas fato é que o ano de eleições nos Estado Unidos foi o escolhido para a pandemia.

 

Um dia tudo será revelado. Sugiro que desliguem a grande mídia, malévola mídia, busquem informações em outros canais, há bons exemplares no Youtube (ao menos por enquanto), também há jornal americano que propaga a verdade, falo sobre o “The Epoch Times”, formado por refugiados da ditadura chinesa, instalados em New York. A fraude americana para a qual os olhos da justiça continuam fechados foi amplamente exposta e com elementos fáticos, ou seja, com verdades, mas muitos preferem “pensar”: “_ se a fraude foi tão visível e flagrante como a justiça não viu?”. Como veria se os olhos estão fechados? Impossível.

 

Nós acordamos faz pouco tempo, dormimos por muitos anos. A esquerda sempre ativa se organizou, estudou nossos pontos fracos, nossa maneira isenta de enxergar as coisas, nossa preguiça intelectual, nossa mansidão, se enriqueceu e segue seu projeto de dominação da Terra, a esse projeto nefasto, chamamos: globalismo.

 

O que aconteceu com Donald Trump acontecerá com Jair Bolsonaro, mas temos tempo para evitar, é preciso ação corajosa, vai custar muito, vamos perder amigos; vamos descobrir que muitos não eram nossos amigos; seremos isolados; taxados como extremistas, fanáticos e idiotas; e defensores de teorias da conspiração. Mesmo assim, é preciso coragem, felizmente já somos livres, conhecemos a verdade (João 8:32).

 

O ainda Presidente americano tinha a maioria no Senado, uma Direita consolidada, apoio popular e mesmo assim foi derrotado, a partir de 20 de janeiro de 2021 os Estados Unidos deixam de ser da América do Norte e passarão a ser da China. Não duvidem!

 

A Terra já vive uma nova ordem mundial (NOM), que já invadiu as nossas casas. Se você leitor for do tipo “isentão”, faz parte dela, assim como os esquerdistas, esquerdopatas, muitos juízes, ministros de tribunais superiores e “deuses supremos”. O objetivo é acabar com a propriedade privada e suprimir as liberdades individuais, nivelando por baixo todos os povos e nações, dando obviamente o mínimo a todos, enquanto poucos estarão degustando de uma mesa farta e muito rica. A China, que lidera esta nova ordem, sem disparar um único tiro, já matou milhões, principalmente idosos (mão de obra obsoleta), sua arma covarde é pouco letal aos jovens e crianças (mão de obra futura). A NOM é tão cruel e maligna que bloqueou ou baniu de redes sociais o “homem mais poderoso da Terra”, mas garante liberdade de expressão ao ditador da Venezuela; a NOM propaga o aborto livre a qualquer tempo da gestação; a NOM está no Vaticano; e em Igrejas Protestantes.

 

Em linhas volvidas falei sobre a organização da esquerda. Hoje a esquerda é formada pele elite (que se diz culpada pelas desigualdades) e a classe trabalhadora tem o apoio da Direita.

 

Quando ouço que a China vive uma economia capitalista, dou risadas e peço que Deus tenha misericórdia dos ignorantes, pois não sabem o que falam. Embora, existam pequenos aspectos de uma economia capitalista, não podemos esquecer que lá manda e desmanda o partido comunista chinês, dono ou sócio de tuto, protegido por bilionários parlamentares e que faz desaparecer do mapa qualquer opositor, rico ou pobre.

 

Ser de Direita é opor-se ao que hoje é visto como progressismo.

 

Não há em lugar algum escrito ou mesmo exposto que um Conservador não deva ser solidário e fraterno.

 

A Direita não é contra os direitos trabalhistas e, sim, defende uma menor intervenção do Estado nas relações de emprego e trabalho. Afinal, ser um empresário neste Brasil com regras de 1940 não é fácil.

 

A Direita não é contra proteção de direitos do homossexual que decidiu se unir a outro.

 

A Direita não é homofóbica. É preciso buscar no dicionário o conceito de homofobia. Mas não é normal, não pode ser normal conviver com homossexuais se acariciando em público, pois também não é correto que casais heterossexuais se agarrem. Este é o ponto. Felizmente há muitos homossexuais conservadores.

 

A Direita não entende, sequer de longe, que os ricos devem ter mais direitos do que os pobres.

 

A Direita não defende a fome e quer a erradicação da pobreza.

 

A Direita entende que bandido não deveria ter direitos, pois ao cometer um crime (caminho da livre escolha de cada um) o humano deixou de lado sua humanidade e em muitos casos tornou-se um monstro. Aqui explano rapidamente sobre arma de fogo. Onde está a falta de educação e de consciência do povo que defende o porte de arma? Particularmente, entendo que o tal deturpado respeito aos direitos humanos (já que a Declaração da ONU vai muito além) persiste até o momento em que um humano "de" um esquerdista é vítima de um bandido.

 

A Direita não é a favor de seres humanos morarem nas ruas ou em casebres. Sem mais delongas.

 

O capitalismo existe justamente para diminuir as desigualdades sociais. É ponto comum de que o socialismo, caminho para o comunismo, já que não são sinônimos, não deu certo em lugar algum do Mundo.

 

A Direita é contra o consumismo. A Direita também defende o meio ambiente, mas com sustentabilidade. A Direita é contra uma recente lei que autorizou extermínio de abelhas na esquerda França com vistas à proteção das beterrabas, mas não voltada à produção de alimento e sim de açúcar e etanol como commodities, só a título de exemplo.

 

Não conheço uma Igreja que pregue o ódio. Mas conheço uma Igreja que está sofrendo o fogo-amigo, que está incendiando seu Magistério.

 

A Direita luta pela igualdade material.

 

Somos democráticos e lutamos pelos direitos de todos.

 

Ser de Direita é uma filosofia de vida.

 

Contra a NOM em nível de Brasil nossa arma maior, depois de Deus é a verdade que liberta, verdade que não assistimos ou lemos na grande mídia e, que deve ser expressa também no voto impresso, do contrário a Direita será derrotada em 2022.

 

Tenho e pratico dois lemas em minha vida: “a vida é feita de escolhas” e “não se opor ao erro é aprová-lo; não defender a verdade é negá-la” (São Tomás de Aquino). Eu escolhi o lado da Direita, costumo dizer que nasci na ARENA e enquanto vida eu tiver, estarei lutando pela Direita, simples e objetivamente assim. Nesta senda, acredito que o dia 03 de novembro de 2020 (tristemente horrível) não tenha sido o começo do fim, apesar de tudo indicar o contrário, mas não passou de um erro envolto em uma grande fraude, mas que serviu para abrir as mentes de muitas pessoas boas.


Nós ainda temos tempo. A guerra do Bem contra o Mal continua.

 

                     


Nenhum comentário:

Postar um comentário