A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS.
Não digo que a vida dá mais do que se pede ou muito mais do que se merece.
A vida é feita de escolhas, a vida nos dá frutos das escolhas que fazemos ao longo do caminho e para aplacar as escolhas equivocadas (somos humanos), contamos com a Misericórdia Divina.

QUEM É



ALESSANDRO DOS PASSOS ALVES DE CASTRO MEIRELES SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA surgiu da necessidade do seu titular em formalizar sua advocacia, daí a criação da “pessoa jurídica”, ela não surgiu de um sonho e sim de uma realidade, pois advocacia é a realidade da vida do sócio-proprietário.
Advogar era o sonho do menino Alessandro Meireles, mal sabia ele das dificuldades que enfrentaria, mas se soubesse as enfrentaria, sim.
Desde o início do Curso de Direito (Faculdade de Direito da UFG – Universidade Federal de Goiás) seu aprendizado estava voltado para a advocacia, jamais pensou em concurso público, como tantos colegas.
Já no segundo ano buscou estagiar, deixando para trás um cargo comissionado na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás para iniciar seu caminho nesta profissão constitucional indispensável para a Justiça e para a vida em sociedade.
Em 1999 aceitou oferta de estágio sem ônus do advogado Bartolomeu Pimenta Borges, no Escritório Pimenta Borges Advocacia, lá permaneceu por um semestre, as lições aprendidas com digno advogado são postas em prática. Depois no segundo semestre, um emprego como terceirizado na Procuradoria Jurídica do IPASGO (antigo instituto de previdência e assistência dos servidores públicos de Goiás) por dez meses, quando pode auxiliar inúmeros servidores do Estado de Goiás e seus dependentes com suas demandas relacionadas a Direito Previdenciário.
No segundo semestre de 1999 foi selecionado para estágio na CELG (antiga concessionária pública de energia elétrica de Goiás), lotado no departamento jurídico de Direito Tributário, sob a batuta do ilustre advogado Edson Soares de Souza Lima, lá permanecendo até dezembro do ano de 2000.
Ato contínuo aceitou convite da advogada Maria de Lourdes dos Anjos Pereira foi estagiar em seu escritório mantido em sociedade com seu esposo, o advogado Clarismino Luiz Pereira Junior, a oportunidade era promissora e a área era Direito Ambiental.
Em decorrência da greve de servidores, a graduação foi concluída em janeiro de 2002, no mesmo mês da 1ª Fase da prova da OABGO (exame da ordem), a aprovação foi alcançada. A 2ª Fase ocorreu em março de 2002, o resultado de aprovação foi divulgado em abril, dias depois da Colação de Grau que ocorrera no dia 03.
No dia 24 de abril o sonhador Alessandro Meireles recebeu sua carteira de advogado expedida pela OABGO.
A lida continuou no Escritório Clarismino Luiz Pereira Junior & Advogados Associados SC até o dia 07 de maio de 2004.
Em 14 de junho de 2004 os serviços iniciaram-se no Escritório Waldeck, Rodrigues & Menezes Advogados Associados SS, a convite do advogado Fernando Alves Rodrigues até junho de 2006, quando este desligou-se da sociedade, levando consigo o advogado Alessandro Meireles.
A parceria durou até 17 de maio de 2012.
Em julho de 2012 a convite do advogado Clarismino Luiz Pereira Junior houve o retorno ao seu escritório e lá ficou até 13 de agosto de 2016.
Em 16 de agosto de 2016 o advogado iniciou vínculo no Escritório Diógenes e Sheilla Mortoza Advogados Associados SS e lá permaneceu até 17 de janeiro de 2017.
Em 13 de fevereiro de 2017 transferiu-se para o Escritório Aures Rosa Advocacia Empresarial, em 13 de novembro de 2017 chegou ao fim sua saga em escritórios de outros colegas, pois era chegada a hora de empreender, de voar sozinho.
E sozinho o advogado titular desta Sociedade Individual segue prestando serviços jurídicos de excelência, usufruindo de tudo aquilo que apreendeu pelas outras sociedades em que passou, porque aprendeu como advogar e como não advogar.
De tudo que viveu Alessandro Meireles escolheu trilhar o bom caminho, apreender os bons exemplos, com a certeza de que a “a advocacia não é profissão para covardes”, segundo Sobral Pinto.